Conheça a PSICOTERAPIA TRANSPESSOAL, o TARÔ CONEXÃO COM A ESSÊNCIA e as VIVÊNCIAS ENERGÉTICAS (em grupo) por Adriano Rizk.

Acesse: www.psicoterapia-transpessoal.com


quarta-feira, 20 de novembro de 2013

ExcessivaMENTE


 
Mente
DeMente
Mente
SoMente.

DiabolicaMente
Planta SeMente
Que LevianaMente
E perigosaMente
Germina AbundanteMente

 
Mente
DeMente
Mente
SoMente.

 
MecanicaMente
Vive EstressadaMente
E DiariaMente
Transforma Preciosa Mente
Em DiaMente.


 
Adriano Rizk

20/11/2013
Curta: www.facebook.com/energiadopalhaco


terça-feira, 19 de novembro de 2013

PRESENTE ESPECIAL

Ontem é empoeirado
Antiquado
Fora de moda.
Sujeito que vive do passado
Alienado
Que se acomoda.

Amanhã é projeção
Incerteza
Insegurança.
Pessoa de preocupação
Sem clareza
Nunca descansa.

Agora é realidade
O que importa
Atenção.
Ser de vitalidade
Que abre porta
Do coração.

Adriano Rizk

19/11/2013

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

DESPERTANDO A CRIANÇA INTERIOR




Vivência energética de equilíbrio dos campos físico, emocional, mental e transcendental para acolher e liberar medos, inseguranças, além de outros bloqueios da criança interna, resgatando sua alegria, criatividade, leveza, paz interior e harmonia na relação com o adulto do presente.

Enraizamento, abertura dos chacras e jogos teatrais, a partir de um olhar quântico, definem o caminho dessa experiência em comemoração ao mês das crianças.

A condução é feita por Adriano Rizk (criador da terapia transpessoal Energia do Palhaço).

Data: 06/10/2013

Início: 15h30m

Duração aproximada: 2h30m

Investimento: R$ 77,00 para pagamento em cartão (débito ou crédito)
PROMOÇÃO À VISTA (válido para pagamento em dinheiro ou cheque): R$ 70,00. Quem levar amigos, cada um paga R$ 60,00.

Local: Espaço Essência - Av. Conselheiro Rodrigues Alves, 96, Vila Mariana, São Paulo/SP (próximo ao metrô Ana Rosa)

IMPORTANTE: recomenda-se o uso de roupas confortáveis e, preferencialmente, com peças de cores lisas.

Informações e inscrições: adriano@energiadopalhaco.com / (11) 9.8138-8798 / www.facebook.com/events/173040966220363/?context=create




Para acompanhar a Energia do Palhaço, curta a página: www.facebook.com/energiadopalhaco

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

GUARULHOS

Cidade onde nasci
A vida inteira vivi


Inúmeras vezes quis partir
Hoje raízes posso admitir


É, minha cidade de contradições
Novamente uniremos corações


Muita estrada a percorrer
E consciência a discorrer!




Adriano Rizk
21/09/2013


Em breve a Energia do Palhaço também vai sentir o gosto de ser guarulhense. Aguardem!!!

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Vivência ENERGIA DO PALHAÇO


Consciência corporal e jogos teatrais para auto-percepção.

O objetivo dessa vivência é ativar a energia do palhaço, ou seja, o frescor criativo de nossa criança interior que vive o momento presente (desconhece passado ou futuro) sem medos ou pudores, não se leva a sério e subverte o mundo (não se prendendo a crenças/pensamentos limitantes).

Trata-se de uma experiência de auto-observação que parte de trabalho de consciência corporal/vocal, no qual a exploração dos chacras e foco na respiração desencadeiam fluxos energéticos que contribuem para com o equilíbrio dos campos físico, emocional, mental e espiritual do participante, proporcionando presença e disposição para a brincadeira (estimulada por jogos teatrais) e consequente diversão.

Neste trabalho tanto a arte (que não é colocada como finalidade) como princípios da física quântica são instrumentos norteadores para que cada participante vivencie um mergulho interno e se aproxime de sua essência.

Vale mencionar que embora o palhaço remeta ao ridículo, à quebra da rigidez, o participante não é direcionado para situações de constrangimento. Sua própria consciência é que determina seu nível de exposição.

"Foi um trabalho maravilhoso, simples, profundo, enfim, essência. Adriano conduz com muita espontaneidade e leveza, ativando consequentemente esta qualidade nos participantes. Super indicado pra perder a rigidez. Correr o risco de ser ridículo é caminho certo pra felicidade. Adorei!” - Depoimento de Lais Ceesar (criadora da psicoterapia da essência e autora do livro Passagem para Essência) sobre a vivência do dia 10/08/2013.

As vivências nunca são iguais, portanto o fluxo da energia do palhaço vai aumentando com a prática, obtendo-se como resultado a eliminação de bloqueios e o aumento do nível de vibração do participante, o que atrai maior leveza e alegria à vida.

A condução é feita por Adriano Rizk (terapeuta transpessoal, pesquisador da física quântica, ator e palhaço).

Data: 22/09/2013

Início: 10h30m

Duração aproximada: 2h30m

Valor: R$ 65,00 para pagamento em cartão (débito ou crédito)
PROMOÇÃO (válida somente para pagamento em dinheiro ou cheque): R$ 50,00

Local: Espaço Essência - Av. Conselheiro Rodrigues Alves, 96, Vila Mariana, São Paulo/SP (próximo ao metrô Ana Rosa)

IMPORTANTE: recomenda-se o uso de roupas confortáveis e, preferencialmente, com peças de cores lisas.

Informações e inscrições: adriano@energiadopalhaco.com / (11) 9.8138-8798 ou pelo evento: https://www.facebook.com/events/501544459931547/



Para acompanhar a Energia do Palhaço, curta a página:https://www.facebook.com/energiadopalhaco

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

MAR (DE AMAR)



E eu que sempre fui pelo mar apaixonado
Com a consciência de agora fico extasiado

Aquela fonte inesgotável de energia
Ao longo de uma vida inteira me atraía

Suas ondas de infinitas possibilidades
Impulsionaram destemidas habilidades

Nem mesmo a, por vezes fria, água
Jamais causou-me qualquer mágoa

Hoje o mistério é desvendado:
Amor é quântico eMARanhado.




Adriano Rizk
16/08/2013

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

DO AR


 
Falar em alegria
É referir-se à magia
Que o coração irradia:
Amor que contagia.

 
Sem negar a dor
Ou relacioná-la a ardor
Olhando-a sem pudor
E sentido-se amador.

 
Assim é possível mudar:
Basta de si próprio cuidar
E sentir o suave paladar
Da experiência de se doar.

 

 
Adriano Rizk

14/08/2013

 

segunda-feira, 15 de julho de 2013

quinta-feira, 27 de junho de 2013

O NARIZ QUE REVELA A ALMA




Imagine um império
Onde um único impropério
É motivo para a morte
Até do sujeito dito forte.

 
Regra que não cabe ao bobo
Que em nome do supremo riso
Pode ser cruel como um lobo
E a verdade expressar sem juízo.

 
Eis um dos precursores do palhaço
A quem dedico este humilde espaço
Para desmistificar sua função
E expor seu poder de unção.

 
Não se trata de personagem
Ou de simples caricatura
Raso é atrelá-lo à bobagem
Nem é psicológica criatura.

 
É um ser que o presente vive
Com ingenuidade e leveza
Usa lógica infantil
Para o mundo subverter.

Uma espécie de detetive
Que investiga a beleza
De forma pueril
Para criatividade verter.

 
Em cena seus defeitos expõe
Ao próprio ridículo não se opõe
Em nome de uma arte corajosa
Que de transformação é desejosa.

 
Cercado pela brincadeira
Joga sempre com a plateia
Combinação verdadeira
Que desencadeia panaceia.

 
Fazer rir é instrumento
Cabe a certo momento
Mas deste não é refém
Seu propósito vai além.

 
Não se iluda, caro leitor
Com nariz vermelho, figurino ou maquiagem
Palhaço não é só o ator
É quem tem consciência da engrenagem.


 
Adriano Rizk
27/06/2013



quarta-feira, 26 de junho de 2013

PALAVRAS



Palavras criam realidades
Trazem à tona sentimentos
São frutos de pensamentos.

 
Mas quem são elas?
Onde começam?
O que expressam?

 
Palavras podem gerar guerras
Provocar caos mental
Causar doença terminal

Será mesmo possível exprimir amor somente em palavras?
Quanto vale um eu te amo quando não parte do coração?
Quanto vale uma vida exclusivamente composta de razão?

 
Palavras podem simbolizar fragilidade
Difundir ilusão de poder
E o conseqüente risco de se corromper.

 
Morte às palavras?
Não! E como ficaria a poesia?
Um mundo sem fantasia?

 
A questão é a importância dada à racionalidade:
Palavras como fonte de absoluta verdade
Carregam a mais profunda artificialidade.


 
Adriano Rizk
26/06/2013

quarta-feira, 22 de maio de 2013

PRÓ FUNDO


Sorvete de chocolate
É luxo pro engraxate.

 
O guarda que come uva
Nunca usa guarda-chuva.

 
Pastel bom é de feira
Diz a sábia enfermeira.

 
Caminhando mais pro fundo:
É muito chato ser igual a todo mundo.


Adriano Rizk
22/05/2013

segunda-feira, 20 de maio de 2013

CONSCIÊNCIAS



Saber é bem
Matéria
Sem ir além
Miséria.

 
Sabor é bom
Experiência
Sem devido tom
Sobrevivência.


Adriano Rizk
21/05/2013

quinta-feira, 16 de maio de 2013

VERDADES



 
Quem não desfruta da vida é:
Ocupado
Ou o culpado?

 
Quem se ocupa do outro é:
Procurador
Ou procura dor?

 
A verdade é uma só:
Não existe uma só verdade.

 

 
Adriano Rizk
17/05/2013

 

quarta-feira, 15 de maio de 2013

ENDEREÇO DESCONHECIDAMENTE CONHECIDO



Alguns dizem que para encontrar o alvo
É necessária prática para ser salvo
De viver em lugar calvo.

 


Não julgar alheia calva
Pequeno ato para esfuziante salva
Faz pensar: há local certo para luz alva? 




Adriano Rizk
15/05/2013

terça-feira, 14 de maio de 2013

PROPORÇÃO



Se
SILÊNCIO está para OUVIR
Assim como
ESSÊNCIA está para VIVER

 
Logo
VIVER em SILÊNCIO
É o mesmo que
OUVIR a ESSÊNCIA.


 
Adriano Rizk
14/05/2013

segunda-feira, 13 de maio de 2013

AVIA-DOR



Eis que chega o pato
Carregando o peso de um sonho
Com olhar preocupado
Afunda nas águas do lago.

 
Arremessam-lhe um sapato
Forte dor o torna enfadonho
Logo fica embasbacado:
Uma luz lhe faz afago.

 
O desejo de voar antes utópico
Remete-o ao campo antropológico:
Para eliminar todo entrave
Basta o grande avião pilotar.

 
O medicamento de uso tópico
Mascara todo o caráter pato-lógico
Para que serve a asa da ave
É mesmo preciso perguntar?


 
Adriano Rizk
13/05/2013

terça-feira, 16 de abril de 2013

RUMANDO...



Fala-se sobre a humana cegueira
E a surdez dos sem eira
Ou mudez de quem fala bobeira?

Há algo de podre no treino:
A academia é o novo reino

 
Quando o diferente é louco
Trabalhar deixa rouco
Cinco sentidos não parece pouco?


Adriano Rizk
16/04/2013

quarta-feira, 10 de abril de 2013

ENQUANTO A CHAPA ASSA…



Observe a carcaça
Para o jogador é taça
Dopado, prêmio vira fumaça
Polui praça
Causa desgraça.

Já a essência, perpassa
Competição ultrapassa
Sua alma palhaça
Multiplica graça
Jamais fracassa.


 
Adriano Rizk
10/04/2013

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

AGORA EU ME DIVIRTO!



 

 
Com ternura, olho para o passado
Pernas bambeiam de emoção
Àquela mente, um frango assado
À alma, toda a minha devoção.

 
 
Eu queria tanto envelhecer
Que não percebia minha condição de palhaço
Precisei o nariz vermelho conhecer
Pra entender que muito adulto é feito de aço.

 
Com o tempo a família sofreu mudanças
Quem se foi permanece ainda mais presente
De essência são nutridas as lembranças
É chegada a hora de plantar nova semente.

 
 
Os que ficaram estão ainda mais despertos
Evolução é a palavra de ordem
A busca por crescimento os tornam espertos
Desvinculados de toda desordem.

 
Hoje moro sozinho em uma casa bem pequena
Desprovida de espaço para a solidão
Mas que dá alegria a uma vida simples e serena
Já meu coração, abriga a imensidão.

 
Sensibilidade, chegou sua vez
Por favor, sinta-se à vontade
Esqueça toda e qualquer timidez
Quero a mais profunda verdade.

 
 
Estendo um especial tapete vermelho
Logo, à porta, bate o amor pedindo licença
Diante de suas águas, vejo um espelho
Eis o MAR, novamente marcando presença.

 
 
Tudo fruto de um jardim bem cuidado
Anos e anos confiando nas flores como amuleto
Trabalho árduo e duro, todavia dedicado
A quem, para manter a rima, nomeio borboleto.

 

 
Adriano Rizk
31/01/2013

 
Obs.: Esse texto é uma resposta ao POR QUE NÃO ME DIVIRTO?, postado em: http://adrianorizk.blogspot.com.br/2012/09/por-que-nao-me-divirto.html

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

SALTO GEOMÉTRICO




Não acordando cedo
Ganha vazão o medo
Tudo parece escuro
Evidente, só o muro
Dois pés descalços
Diversos percalços
Pobre pensador
É o dono da dor.

Chegado o maremoto
Reconfigura-se a foto
Tragédia na lente
Máquina demente
Cenário de lamentações
Foco para as frustrações
Olhar limitado
Ontem imitado.

Botão desabrocha
Amolece a rocha
Perfuma ambiente
Ainda há semente
No ar, a doçura
Nada de usura
Com bondade infinita
A possibilidade saltita.


Adriano Rizk
28/01/2013